Você: coloquial ou formal?

Imagem

A propaganda que ilustra esta coluna, publicada há meio século na revista Seleções, é um exemplar típico de como se processava a comunicação entre o anunciante e o consumidor. Numa época em que os recursos visuais eram extremamente limitados, a linguagem verbal predominava, e o diálogo direto com o leitor era o maior chamariz para atraí-lo.

Nesse processo, para conferir um ar de intimidade entre os interlocutores – vendedor e potencial comprador, no caso –, tornou-se frequente o emprego do pronome de tratamento “você”. Pronome de tratamento? Sim! O pronome “você” origina-se da redução de “Vossa Mercê”, tratamento elevado destinado aos soberanos de Portugal e depois aos fidalgos. Em escala hierárquica, pois, situava-se acima de “Vossa Senhoria”, e só no século XIX, já contraído na forma coloquial “vosmecê”, passou a designar, principalmente no Brasil, pessoas comuns, embora, ainda, como pronome de tratamento. Daí a abreviatura, no texto da propaganda, “V.” – nada a ver, portanto, com o “vc” presente hoje nas mensagens eletrônicas e redes sociais.

Ao longo do tempo, contudo, a noção do pronome de tratamento vem se perdendo, de modo que atualmente “você” é empregado costumeiramente como pronome pessoal. Isso provoca um conflito: nesse sentido, é pronome da segunda pessoa (a pessoa com quem se fala); leva, todavia, os verbos para a terceira pessoa, como exigem os pronomes de tratamento.

Quanto ao relógio, não exigia corda, nem tampouco bateria. Aliás, corda tinha, sim. Só que não era dada manualmente, mas por meio do movimento do braço em sua atividade cotidiana. Por isso, não se costumava tirá-lo (o relógio, não o braço) nem para dormir.

About these ads

Sobre correta

A Correta foi fundada em 1999, prestando assessoria em língua portuguesa. Trabalhamos com a revisão e correção de trabalhos acadêmicos, obras literárias, redações escolares, textos publicitários, jornalísticos, entre outros. Também oferecemos cursos de redação, interpretação e produção de textos para vestibular, concurso, capacitação profissional ou aprimoramento pessoal. Desde 2003, oferecemos também reforço escolar para alunos com dificuldades em qualquer disciplina do Ensino Fundamental e Médio. Nossa sede conta com salas de aula, salas de estudo e biblioteca na região central de Curitiba, na Av. Vicente Machado, 160, cj. 22, próximo ao Shopping Omar, Curso Positivo e ao TRT.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s